Chakras e troca de energia

Chakras e troca de energia

Em sânscrito, CHAKRA significa RODA. Eles também se assemelham a pequenos discos que giram e são do tamanho de uma moeda.

São centros de energia que recebem e emitem energia e informação. Eles estão conectados entre si e cada um com todo o corpo. Faço a ligação entre o ser e o universo em que vive. Através dos neurotransmissores, são eles que fazem a ligação entre nossas emoções, nervos e hormônios. Cada chakra corresponde a certos órgãos do corpo e a um certo tipo de emoção. Compreender o funcionamento e o papel dos chakras nos ajuda a prevenir doenças, mas também bloqueios energéticos que causam desconforto no dia a dia. Qualquer doença se manifesta primeiro no corpo energético e depois no corpo físico. A doença é, na verdade, um desequilíbrio energético. Ao controlar a esfera mental, afetiva e emocional podemos limpar e equilibrar o sistema, mesmo quando o desequilíbrio já ocorreu.

A primeira evidência científica sobre a existência dos chakras foi trazida pelo Dr. Hiroshi Motoyama, que inventou um instrumento para medir os chakras. O princípio se baseia na capacidade do corpo de emitir fótons, cujo número aumenta com a concentração naquele centro de energia. Também na UCLA (Estados Unidos) foram realizados experimentos com a ajuda de um eletromiógrafo cujos eletrodos foram colocados na pele e que detectou sinais regulares de alta frequência vindos da área correspondente aos chakras.

Dowsing, o método mais simples de detectar os chakras é usar o pêndulo ou laço. Um pêndulo deixado livre na respectiva área começará a se mover dependendo da direção de rotação do chakra para a esquerda ou para a direita. O método não é muito preciso, mas pode fornecer informações aproximadas sobre desequilíbrios energéticos.

Eles são reconhecidos como os sete chakras principais, aos quais correspondem sete campos. Existem também chakras secundários nos ombros, orelhas, palmas das mãos, plantas dos pés. O chakra 7 tem uma projeção única, direcionada para cima, e o chakra 1 tem uma projeção única, direcionada para baixo. Os chakras 2-6 têm projeções em ambos os lados do corpo.

Existe um estado modificado de consciência no qual eles podem se visualizar (esta é a abertura do Terceiro Olho, chakra 6). Possuem formato biocônico, com as pontas unidas no canal governador. Dependendo do conhecimento do indivíduo, os chacras podem estar abertos, fechados, ocultos, permitindo ou não a manifestação de habilidades psíquicas. Qualquer coisa que perturbe o funcionamento normal do corpo produz a deposição de energia negativa no chacra, que o fecha e leva a um bloqueio energético.

Existem três canais principais que conectam os chakras. Um atrás da coluna, um dentro dela e outro na frente da coluna.

Os chacras dos pés têm por finalidade manter a ligação do ser humano com a terra, participar do equilíbrio da energia cósmica (o Chi branco e leve dos anjos) com a telúrica (o Chi negro e pesado dos demônios). Seu fechamento provoca o resfriamento das pernas, sensação de peso, até dor, sensação de exaustão e insegurança.

Os sete chacras principais têm a função de garantir a interligação dos sete níveis de energia, permitindo que ela passe de um nível a outro conforme as necessidades do momento. Eles aparecem como redemoinhos produzidos pelo encontro entre a energia telúrica e a cósmica, e também representam verdadeiros portais entre corpos sutis e outras dimensões.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.